TRANSFORMAÇÕES COMPORTAMENTAIS

Há uma frase veiculada nas redes sociais que diz o seguinte: “Mude de opinião, conserve os seus princípios e
troque como suas folhas, mas mantenha como suas raízes”. A partir dessa expressão, é possível refletir um pouco sobre a
constante necessidade de que todo o mundo tenha realizado mudanças.

Ao longo da vida, passamos por tantas mudanças que são consequências de decisões que tomam. Muitas
vezes ocorrem poucos, os resultados também são evidenciados de forma gradativa. Outras, por sua vez, mais
rapidamente e os efeitos podem incluir alteração ou curso da própria história.

Uma coisa é certa: é inaceitável viver uma maneira estática sem perspectiva de transformação. É triste, mas
muitas pessoas nascem, crescem e envelhecem sem que sua mentalidade evolua e os pontos de vista sejam revistos.
Além disso, elas podem causar obstáculos aos mesmos, causar problemas aos outros.

O medo de encarar ou desconhecido é paralisado e impedir que o indivíduo se desenvolva. Uma inércia neste
sentido não é uma atitude salutar, mas sim uma negativa diante de uma oportunidade de crescimento. O enfrentamento de desafios sempre será a melhor escolha.

Imagem de jburson por Pixabay

RECOMEÇAR

Há situações nas quais começar de novo é uma necessidade, principalmente quando as etapas existentes são encerradas. Na esfera pessoal ou profissional, não pode permanecer indiferente diante da possibilidade de um retorno.

Mesmo que não seja fácil, experimente essa natureza costuma ser enriquecedor. Uma grande questão é saber se há realmente disposição para recuperar um projeto ou modificar velhos hábitos. Mas, para ter sucesso, é fundamental coragem e determinação. Muitos desistem diante das dificuldades que  surgem. Outros entram em um círculo vicioso de paradas e retomadas que não levam a algum lugar.

Não resta dúvida de que toda mudança é uma nova oportunidade de evolução. Nesta perspectiva, é preciso  definir estratégias e fazer monitoramento contínuo quanto aos resultados obtidos. É uma ilusão
imaginar que tudo aconteceu da maneira como foi idealizado.

Qualquer alteração comportamental só terá sentido se houver uma motivação espontânea. É claro que estímulos externos têm sua importância, mas mudar para agradar quem quer que seja de nada adianta. Ao contrário, além de não surtir efeito, causa constrangimentos e frustrações.

Luigi Ravagnani
Graduado em direito e letras.
Pós-graduado em Língua Portuguesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest