DESCUBRA O QUE É FELICIDADE PARA VOCÊ!

Há mais de 30 anos o economista Richard Easterlin tem desenvolvido pesquisas sobre o que leva o ser humano a viver feliz. Em suas pesquisas ao redor do mundo, ele constatou que muita coisa que o senso comum diz trazer felicidade, não traz.

Dinheiro e bens materiais por si só não a garantem. As pesquisas de Easterlin descobriram que os pobres tendem a serem mais felizes que os da classe média, quando suas necessidades básicas são minimamente supridas.

Ser jovem e fisicamente atraente têm pouca ou nenhuma importância para um estado de espírito alegre. Da mesma forma, ter filhos por si só não é garantia de felicidade.

Em contrapartida, a divisão de mídia e publicação da Escola de Medicina da Universidade de Harvard, divulgam pesquisas que comprovam que as emoções positivas têm sido associadas a uma melhor saúde, maior longevidade e bem-estar.

Por outro lado, a raiva, a preocupação e a hostilidade crônicas aumentam o risco de desenvolver doenças cardíacas, pois as pessoas reagem a esses sentimentos com a pressão arterial aumentada e o enrijecimento dos vasos sanguíneos.

Porém, é preciso tomar cuidado com as emoções positivas passageiras. Os psicólogos Martin Seligman e Christopher Peterson, da Universidade da Pensilvânia, descobriram que as pessoas buscam felicidade do jeito errado e acabam tornando-se mais infelizes.

Segundo seus estudos, a pessoa que vive feliz não é aquela que sai desesperadamente buscando meios de ser feliz. O contentamento verdadeiro é um processo cotidiano e não um ponto de chegada estático. Um estilo de vida prazeroso é aquele que flui naturalmente e não o que represa o segredo da alegria.

E como descobrir o que deixa você mais faceiro? Perceba o que o faz perder positivamente a consciência do tempo. Identifique o que o leva a não ficar pensando só em si mesmo: não estar focado no seu próprio conforto.

Note quando, como e o que você faz focado, não sendo interrompido por pensamentos estranhos: constate em que situação você não fica inculcado em assuntos meramente materiais. Portanto, descubra o que é felicidade para você e potencialize isso!

Robson Brito