NEUROMETRIA FUNCIONAL: ALIADA NO TRATAMENTO DE DISTÚRBIOS EMOCIONAIS

A Neurometria é uma metodologia multimodal,  ou seja, uma combinação equilibrada de nossa condição física, mental e nutricional. Ela utiliza técnicas de Biofeedback e Neurofeedback, os quais apresentam como principal objetivo melhorar o funcionamento cerebral por meio de neuromodulação autorregulatória.

A Neurometria  promove a interação entre o cérebro, mente, corpo e comportamento, através de ferramentas que agem nos fatores emocionais, sociais e que podem afetar diretamente a saúde.

O tratamento oferecido por esta metodologia é destinado a pessoas com depressão, distúrbio do sono, ansiedade, transtorno de humor, estresse, enxaqueca, bruxismo, labirintite, TDAH, autismo, transtorno compulsivo obssessivo (TOC), síndrome do pânico, etc.

Comportamentos, hábitos e atitudes podem estar relacionados à nossa capacidade funcional fisiológica e à nossa reserva funcional (nutrição).  A tecnologia da Neurometria desenvolveu uma solução que permite investigar as deficiências neurofisiológicas específicas de cada pessoa, por meio de sensores conectados ao paciente.

AVALIAÇÃO COMPLETA

Esses dispositivos  coletam dados neurofisiológicos e cerebral e levam até o software que filtra e realiza leitura para interpretação dos sinais do sistema nervoso de uma pessoa. Ao final do exame, o sistema gera resultados por escrito, permitindo uma avaliação completa.

Baseado nestas informações, direcionamos sessões de tratamento, para treinar regiões alteradas do cérebro, ativando inervações cerebrais específicas, que leva ao estado de bem-estar e traz alívio para as questões emocionais, mentais e comportamentais.

Um dos protocolos é a orientação alimentar, já que alimentos inadequados alteram negativamente as reações neurofisiológicas e atinge regiões do cérebro, incorrendo em distúrbios emocionais, respiratórios, gastrointestinal, dermatológico, neurológico e psicológico.

Na Clínica NeuroAgir, o exame de neurometria é imprescindível nas avaliações psicopedagógicas e psicológicas, uma vez que os resultados ajudam a compreender melhor o nosso paciente, ajudando-o a alcançar os objetivos nas terapêuticas.

SILVIA S. GONÇALVES. Neurometrista, Psicopedagoga, Pedagoga e Screener (Síndrome de Irlen)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest