DR RESPONDE: CIRURGIA ORTOGNÁTICA

Dr. Liogi, é bastante visível os resultados e benefícios gerados aos pacientes que se submeteram a cirurgia ortognática para correção de deformidade faciais, a exemplo do prognatismo e do retognatismo. Faço essa afirmação com base em alguns familiares e amigos que convivo há bastante tempo.  

Contudo, quais são os protocolos que devem seguir aqueles que passaram por tais procedimentos?  Ou seja, eles precisam seguir algumas orientações  durante algum tempo ou a cirurgia em si dispensa determinados cuidados? Outra questão, a cirurgia ortognática resolve  definitivamente os problemas citados ou existem casos que eles podem voltar?

HÉLIO BERGAMASSO – ARQUITETO
Olá Hélio tudo bem?

Sem dúvida a cirurgia ortognática traz grandes benefícios para os pacientes submetidos a este procedimento, mas como todo procedimento cirúrgico, existem protocolos de cuidados sim.

Atualmente, com a evolução dos sistemas de fixação óssea, os pacientes submetidos à cirurgia, não saem mais com a boca  “amarrada” , normalmente ficam com 2 ou 3 elásticos que permite  a abertura da boca.

Embora tenha abertura, é recomendado que mantenha dieta liquida na primeira semana. Depois desta semana, é liberado uma dieta macia, podendo o paciente mastigar alimentos macios como arroz, feijão, carnes bem cozidas e outros alimentos desta consistência.

Esta dieta perdura por cerca de 45 dias quando poderá à partir de então, iniciar com alimentos mais firmes. Quanto às atividades físicas, recomenda-se evitar atividades por cerca de 60 dias, sendo que esportes de maior contato físico depois de 90 dias. Normalmente, após 60 dias o paciente retorna ao tratamento ortodôntico para finalizar as movimentações.

Todos estes protocolos visam  a estabilidade dos resultados obtidos, sendo tudo muito importante para a manutenção a longo prazo dos mesmos. Outro detalhe importante diz respeito à apnéia obstrutiva do sono.

É sabido que a cirurgia ortognátca para avanço bimaxilar melhora sobremaneira a qualidade repiratória durante sono muitas vezes eliminando o problema da apnéia porém, caso o paciente após a cirurgia ortognática, tenha um ganho de peso considerável, pode voltar a ter problemas respiratórios.

Desta forma, respondendo a sua pergunta, a cirurgia ortognática apresenta resultados na sua maioria, definitivos, porém, os cuidados prescritos pelo profissional responsável devem ser seguidos à risca para que estes aconteçam de forma estável a longo prazo.

Liogi Iwaki Filho Cirurgião Bucomaxilofacial e Traumatologista CRO – PR 7389

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest