PERIGO DO EXCESSO DE GORDURA

Não é à toa que a alimentação saudável é apontada como principal fator de prevenção de doenças. O contrário também é verdadeiro, ou seja, uma alimentação inadequada responde por uma infinidade de problemas, inclusive os diversos tipos de câncer. Não há dúvidas que a ingestão de verduras, frutas e legumes é fundamental para se obter uma boa saúde. Mas não é somente isso.

É de extrema importância evitar o excesso de determinados alimentos, principalmente os gordurosos. Pesquisas alertam para o grande perigo que o ser humano corre ao consumir exageradamente esse grupo, encontrado facilmente em carnes animais e muitos produtos industrializados.

Entre tantos outros problemas de se comer de forma exagerada os alimentos gordurosos é que eles deixam de ser depositados nas células adiposas passando a ter como alvos o pâncreas e fígado. O acúmulo de gorduras nesses órgãos podem causar sérios problemas à saúde, além de tornar a digestão mais lenta.

CONTROLE
É preciso atentar para o controle do consumo de gorduras porque seu excesso, comprovadamente, gera inúmeros danos. Colesterol, problemas cardiovasculares, diabetes, infarto, avc, entupimento das artérias, fígado gorduroso, câncer e até o cérebro pode ser afetado com o consumo exagerado de gordura.

Mas não para por aí. Se for averiguar mais a fundo, o excesso de gordura está associado a muitos outros problemas. Por isso, o melhor que se tem a fazer é agir preventivamente, antes que seja tarde. E a medida é mesmo o equilíbrio no consumo de alimentos gordurosos.

Atraídos pelo gosto agradável da gordura, muitas pessoas se deixam levar e acabam cometendo excessos. Vale lembrar mais uma vez que aí mora um grande perigo. Sorrateiramente, este hábito pode se tornar frequente e ser muito maléfico.

Além da moderação no consumo da gordura, uma outra atitude importante e extremamente benéfica é a introdução de fibras na alimentação diária. Esse produto é um forte aliado da saúde e da prevenção de doenças.

Orlando Ribeiro

Pin It on Pinterest