Parar de fumar sempre vale a pena em qualquer época da vida, mesmo que a pessoa já tenha alguma doença causada pelo cigarro, como câncer ou enfisema.  Por isso, selecionamos três métodos para ajudar você fazer sua escolha.

1- Parada abrupta

É quando se para de fumar de uma hora para outra, cessando totalmente o uso de cigarro. Ou seja, se consumir um maço por dia, a parada abrupta é fumar o maço usual hoje e nenhum cigarro amanhã.

2- Parada gradual por redução

É quando se reduz gradualmente o número de cigarros diários até parar em definitivo. Por exemplo, um indivíduo que costuma fumar 20 cigarros por dia, se programa para deixar de fumar em 4 dias, diminuindo 5 cigarros por dia até chegar 0.

3- Parada gradual por adiamento

É quando se adia o horário do primeiro cigarro do dia até parar. Nesse caso, no primeiro dia da programação, o primeiro cigarro será aceso às 8h. Às 10h no segundo dia, às 12h no terceiro, e assim por diante. No oitavo dia, tem que acordar e não acender mais nenhum cigarro, porque é o dia da parada.

Atenção, essas são algumas dicas, mas não fórmulas mágicas. O ideal para os dependentes, é buscar um especialista.

 Jhenifer Lorrany Jornalista

Pin It on Pinterest